95,1 FM

(64) 3651-1452

Notícias/Mundo

Ex-presidente da Argentina, Alberto Fernández, é acusado de desvio de fundos

Ele é acusado de ter contratado uma corretora e empresas privadas para intermediar a gestão de seguros em dependências oficiais durante seu governo

Ex-presidente da Argentina, Alberto Fernández, é acusado de desvio de fundos
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Por France Presse

 

 
 
 
Presidente da Argentina, Alberto Fernández, durante reunião com Joe Biden em 29 de março de 2023 — Foto: Jonathan Ernst/REUTERS

Presidente da Argentina, Alberto Fernández, durante reunião com Joe Biden em 29 de março de 2023 — Foto: Jonathan Ernst/REUTERS

 

O ex-presidente argentino Alberto Fernández foi acusado nesta quinta-feira (29) por suspeita de desvio de fundos, pela contratação irregular de seguros para funcionários públicos, informaram o juiz do caso e a imprensa local.

Fernández é acusado de ter contratado "uma corretora e empresas privadas" para intermediar a gestão de seguros em dependências oficiais durante seu governo, informou a agência oficial Telam.

Além do ex-presidente, que deixou o cargo em 10 de dezembro para o sucessor Javier Milei, também foram denunciados o ex-titular da empresa pública Nación Seguros Alberto Pagliano e o corretor Héctor Martínez Sosa, marido da secretária particular de Fernández, María Cantero.

 

O procurador federal Ramiro González afirmou que mais pessoas podem ser investigadas no futuro.

Agora, o juiz do caso deve decidir se aceita ou rejeita a denúncia. Ele informou à agência de notícias AFP que ainda não havia recebido o documento.

O ex-presidente peronista havia tentado se distanciar do escândalo e responsabilizado sua secretária.

Comentários:

Veja também

Fique a vontade para nos enviar sua mensagem!