95,1 FM

(64) 3651-1452

Notícias/Mundo

Eleições nos EUA: Trump debocha de Nikki Haley e parabeniza 'nenhum dos candidatos' ao vencer em Nevada

Haley perdeu as primárias no estado para a opção 'nenhum desses candidatos', emplacando uma derrota constrangedora

Eleições nos EUA: Trump debocha de Nikki Haley e parabeniza 'nenhum dos candidatos' ao vencer em Nevada
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Por g1

 

O ex-presidente Donald Trump debochou de sua concorrente Nikki Haley ao parabenizar "nenhuma das opções acima" após vencer o caucus republicano de Nevada, nesta quinta-feira (9). Trump e Haley disputam a vaga do Partido Republicano para concorrer às eleições presidenciais dos Estados Unidos.

 

Na terça-feira (6), Nikki Haley perdeu as primárias republicanas de Nevada para a opção “nenhum destes candidatos”. A candidata teve 30% dos votos, enquanto 63% dos republicanos escolheram por nenhum candidato.

No estado de Nevada, os candidatos deveriam escolher apenas uma opção de disputa: o caucus ou a primária. Enquanto Haley optou por disputar a primária, Trump quis concorrer ao caucus. Por este motivo, os nomes dos dois não apareceram na mesma cédula.

 

No caucus desta quinta-feira, Trump teve mais de 95% dos votos. Ele concorria apenas com o republicano Ryan Binkley. Com isso, o ex-presidente levou todos os 26 delegados de Nevada - que, consequentemente, vão indicá-lo como representante do partido republicano nas eleições dos EUA.

Durante o discurso de vitória, Trump ressaltou o percentual obtido no estado e debochou do resultado das primárias de terça-feira.

 

"Vocês viram o que aconteceram na noite passada? Eu gostaria de parabenizar 'nenhuma das opções acima'", afirmou, sem citar Nikki Haley.

 

“Estamos liderando todo mundo”, disse. “Existe alguma maneira de convocarmos as eleições para a próxima terça-feira? Isso é tudo o que eu quero."

Donald Trump durante discurso de vitória em Nevada, nos EUA — Foto: AP Photo/Alex Brandon

Donald Trump durante discurso de vitória em Nevada, nos EUA — Foto: AP Photo/Alex Brandon

 

 

Constrangimento para Haley

 

Como as primárias disputadas por Haley não tinham um peso na decisão do nome, elas serviram apenas como mais uma opção de o candidato mostrar sua popularidade na região.

O resultado representou um constrangimento para Haley, que tem procurado se posicionar como uma opção de voto aos republicanos, no lugar do ex-presidente.

Diversos representantes políticos movimentaram seus apoiadores a irem votar nas primárias, para mostrar a impopularidade de Haley.

O governador Joe Lombardo, chefe-executivo do partido republicano em Nevada, por exemplo, indicou publicamente a sua intenção de votar em “nenhum destes candidatos”.

Já o presidente do Partido Republicano do Condado de Washoe, Bruce Parks, pediu aos eleitores que participassem das primeiras, mas votassem em "nenhum dos candidatos".

 

“Ela basicamente nos disse que não se importa conosco”, disse Parks, em entrevista. “Ao marcar ‘nenhum desses candidatos’, respondemos na mesma moeda – também não nos importamos com você.”

 

Haley não fez campanha política em Nevada e preferiu usar seu tempo para fazer campanha em seu estado natal, a Carolina do Sul.

Muitos apoiadores de Nikki Haley dizem que não apoiariam Trump — Foto: REUTERS

Muitos apoiadores de Nikki Haley dizem que não apoiariam Trump — Foto: REUTERS

Comentários:

Veja também

Fique a vontade para nos enviar sua mensagem!